APMPA – Associação dos Procuradores do Município de Porto Alegre foi fundada em 4 de junho de 1986, tendo como principal propósito estreitar o relacionamento e fortalecer a união dos procuradores municipais de Porto Alegre.

Dedicados à advocacia pública, os procuradores municipais são representantes da sociedade junto à administração municipal, atuando com a missão de assegurar a correta gestão dos recursos públicos e a aplicação de políticas voltadas ao cidadão. Independentemente da alternância de governos a cada quatro anos, são profissionais de carreira, concursados, que trabalham para garantir a legalidade dos atos dos entes públicos.

Ao longo das últimas três décadas, sucessivas gestões têm trabalhado frente a APMPA para intensificar o espírito de classe entre os associados e garantir avanços que representem melhores condições para a categoria, com impacto no trabalho que é entregue à sociedade. Uma das conquistas institucionais mais relevantes foi a Lei Orgânica da Procuradoria-Geral do Município, que unificou as carreiras jurídicas, reafirmou as prerrogativas dos ocupantes do cargo e implementou instrumentos de gestão e controle importantíssimos ao Município, tornando Porto Alegre referência em todo o país, sendo regulamentada pela Lei Ordinária n° 11.979/2015.

Por iniciativa da Associação, foi criada, em 17 de dezembro de 1996, a ESDM – Fundação Escola Superior de Direito Municipal, com o objetivo de ser um centro de estudos e pesquisas teórico-científicas sobre os problemas que afetam os entes municipais.

Periodicamente, são realizados cursos de extensão, seminários e palestras que contribuem para disseminar o conhecimento sobre a advocacia pública e para a troca de experiências com profissionais do meio jurídico de todo o país, sendo uma importante fonte de reflexão sobre o papel da advocacia pública nos tempos atuais.